Logo dlztv oficial

O PODER DA GRATIDÃO

Você tem o hábito de agradecer? Com que frequência você faz isso? Mas não me refiro aos agradecimentos, na maioria das vezes, mecânicos quando respondemos um “muito obrigado” ao receber um benefício de alguém. Me refiro ao ato de agradecer que contempla genuinamente o reconhecimento e a valorização, principalmente, das coisas simples do dia a dia.

E por que isso é importante? A gratidão é um sentimento poderoso, transformacional e também complexo, pois envolve aspectos emocionais, cognitivos e sociais. É através dela que nos conscientizamos das coisas que possuímos em vez de considerar que o que nos fará feliz ainda está por vir. Até porque dificilmente associamos felicidade ao aqui e agora, ao presente, e sim a algo que está no futuro, próximo ou não. Nesta linha de raciocínio, a felicidade acontecerá quando aquilo que almejamos, como uma viagem, um relacionamento afetivo, a compra de algo, etc., acontecer. Com isso, deixamos de valorizar e agradecer pelas coisas simples que temos.

Ao expressar gratidão por nossas conquistas, sejam elas grandes ou pequenas, fortalecemos a autoestima. Celebrar nossos esforços, mesmo que nem tudo seja perfeito, contribui para uma maior satisfação com quem somos. E isso tem uma explicação neurocientífica, pois quando cultivamos uma sincera gratidão pelo que temos, nosso cérebro responde liberando substâncias químicas benéficas, como a dopamina e a serotonina.

A dopamina, um neurotransmissor associado ao prazer, recompensa e motivação, é produzida ao sentirmos felicidade e o bem-estar decorrentes da gratidão. E a serotonina desempenha um papel importante na regulação do humor. Quando pensamos em coisas boas, por exemplo, nosso cérebro produz essa substância.

Assim, a neurociência e a psicologia têm mostrado que a pratica regular da gratidão traz benefícios para nossa saúde mental. Dentre eles estão a redução do estresse e da ansiedade, o fortalecimento do bem-estar subjetivo devido à capacidade de lidar de forma mais eficaz com as emoções negativas, uma vez que aumenta a resiliência. E quando estamos emocionalmente fortalecidos, adquirimos mais confiança para buscar novos objetivos.

Claro que, como mencionado no início, incorporar a prática da gratidão em nossa rotina não deve ser de forma automática. Até porque ela não é uma solução mágica. É necessário uma conscientização, um reconhecimento do que temos e experimentamos. E isso não significa quer a vida será um mar de rosas, pois o sofrimento também faz parte da existência humana.No entanto, tanto o sofrimento quanto a felicidade nos ensinam lições que podem gerar uma mudança de perspectiva em relação à vida. Daí a necessidade de refletir sobre isso.

gratidão é uma prática que, mesmo para aqueles que não estão habituados, é possível desenvolvê-la. Cultiva-la diariamente é uma forma de tornar nossa existência mais prazerosa e enriquecedora. Há muitos motivos para praticá-la, e basta estarmos atentos para reconhecer e valorizar as coisas positivas em nossas vidas. Nossa saúde mental agradece.

Créditos: Joselene Alvim-psicóloga

Fonte:G1

Pode ser uma imagem de 1 pessoa e a praticar ioga

Ver estatísticas e anúncios

Promover publicação

Gosto

Comentar

Partilhar

Saque seu FGTS juliana Ribeiro
Mais Notícias

0 comentário

Deixe um comentário

Avatar placeholder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *