Logo dlztv oficial

O QUE LEVA UMA PESSOA A CONSUMIR DROGAS? ESPECIALISTA EXPLICA NO ARAPUAN VERDADE

O especialista em Criminologia e Psicologia Criminal Investigativa, Deusimar Guedes, durante entrevista ao programa Arapuan Verdade do Sistema Arapuan de Comunicação nesta sexta-feira (28), falou sobre três fatores que contribuem para uma pessoa optar por consumir drogas ilícitas e se tornar um dependente químico.

Ao abordar o tema, Guedes pontuou primeiro que a missão de educar as crianças e adolescentes sobre esse assunto é dos pais. Ele pontuou que a violência na infância pode se tornar um desses gatilhos, a partir do momento em que a criança passou por algum trauma e já passa para a vida adulta com esses sentimentos, além com grande carência emocional, havendo uma necessidade de diálogo. O silêncio entre pais e filhos se torna, então, uma porta.

O especialista ainda explica que a facilidade do acesso a droga também é apontada como um dos processos para uma pessoa se tornar dependente dela. “O álcool está no alcance da minha mão, então certamente é a droga mais perigosa porque está dentro da minha casa e é de fácil acesso”, exemplificou Guedes.

Por último, ele aponta que a influência dos amigos também é considerada um dos fatores. Para evitar ficar alguma situação “chata”, a pessoa opta por aceitar consumir bebidas ou entorpecentes na roda de amigos.

De quem é a missão de educar sobre as drogas?

Para o especialista, existe uma grande omissão de várias partes sobre essa pauta, mas começa pela família. “Pela ausência da mãe e do pai, devido a correria pela sobrevivência para trabalhar, deixou as crianças à mercê dessa questão”, disse.

Guedes completou afirmando que esta carência vem desde a família, pois a escola é o completo dessa educação. “Mas as escolas, principalmente as privadas, se preocupam em ser primeiro lugar no vestibular, então a gente formou excelentes técnicos e péssimos cidadões”, citou.

Deusimar também explicou que em uma pesquisa realizada com crianças concluiu que 8 em cada 10 optam por conversar sobre droga com os pais, seguido pelos professores. Ele afirma, por fim, que a ausência do estado que não implanta o conteúdo como problemática nas ementas de ensino como outro fator preocupante e que, com educação e diálogo aberto sobre o assunto, jovens estariam mais esclarecidos sobre a temática, e por consequência, longe das drogas.

Assista a entrevista completa:

https://youtube.com/watch?v=C10NzV-qMVo%3Fstart%3D3992%26feature%3Doembed
Fonte: Portal Fala Paraíba
restaurante e pesqueiro por do sol
Saque seu FGTS juliana Ribeiro
Sampaio tasso Porcelanataria
Coz Jeans
Solar Energy
Loja Baby Store Kids
Casa dos Vidros
Gráfica joia Dracena 2023
JR Diesel Bombas injetoras Dracena
Mais Notícias

0 comentário

Deixe um comentário

Avatar placeholder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *